Últimas Notícias em destaque

Voltar

TJPE adere ao programa Horta em todo canto do Governo Estadual

Equipes do TJPE e do Governo do Estado

Equipes do TJPE e do Governo do Estado

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) vai aderir ao programa “Horta em todo canto” idealizado pelo Governo do Estado. No dia 18 deste mês, ocorre o lançamento oficial do projeto no Fórum de Arcoverde com o objetivo de ampliá-lo para todo Judiciário estadual. O programa visa a inspirar as pessoas a desenvolverem o cultivo de alimentos saudáveis sem utilizar agrotóxico e, dessa forma, melhorar a qualidade de vida de quem adere à iniciativa. O projeto é coordenado pela Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional de Pernambuco (Caisan-PE), que é composta por 13 secretarias e nove órgãos estaduais. Na terça-feira (3/10), o presidente do Judiciário estadual, desembargador Leopoldo Raposo, se reuniu, no Palácio da Justiça, com representantes de secretarias estaduais e órgãos parceiros da ação para conhecer o programa.

Pelo TJPE, além do desembargador Lepoldo Raposo, participaram da reunião a representantes da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável do Tribunal. Também estiveram presentes a secretária executiva da Caisan, Mariana Suassuna; a presidente da Funase, Nadja Alencar; os representantes das secretarias estaduais da Educação, da Mulher e do Meio Ambiente; e os integrantes do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) também estiveram presentes.

O programa “Horta em todo canto” promove diversas ações, além de ensinar as pessoas e servidores de instituições que demonstram interesse em aderir ao projeto a plantarem hortas em espaços que não estejam sendo aproveitados. A secretária executiva da Caisan, Mariana Suassuna, explica como a equipe executa o projeto. “Através do programa, buscamos melhorar a qualidade de vida das pessoas. Fazemos uma avaliação nutricional dos servidores nas instituições onde o projeto é implantado e realizamos rodas de conversa com um trabalho educativo, desmitificando mitos sobre os alimentos”, disse.

Por meio da iniciativa, também são promovidos cursos de plantio de horta em diversos locais. Extensionista do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Ana Paula Gomes trabalha diretamente na implantação das hortas e também é responsável pela roda de conversa que aborda a educação nutricional. “Elaboramos um projeto técnico e apresentamos para a instituição interessada em aderir ao programa, depois fazemos um treinamento com os funcionários ou servidores para que eles entendam a iniciativa e deem continuidade ao trabalho implantado.”

O projeto vem sendo desenvolvido também nas escolas públicas estaduais através da Secretaria de Educação, que, desde 2016, implantou 123 hortas escolares em Pernambuco. “Podemos considerar essas hortas escolares como uma sala de aula, onde podemos desenvolver com os alunos assuntos ligados a diversas disciplinas”, afirmou a representante da Secretaria Estadual de Educação, Floreci Lira. A equipe ainda desenvolve trabalhos com os reeducandos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), e o projeto passa a ser mais uma forma de ressocialização dos internos.
................................................................................................
Texto: Rayama Alves | Ascom TJPE
Revisão: Ivone Veloso | Ascom TJPE
Fotos: Alesson Freitas | Ascom TJPE