Notícias Notícias

Voltar

Tribunal homenageia personalidades ao comemorar os 196 anos

Teatro de Santa Isabel, no Recife, recebeu evento pela primeira vez

Teatro de Santa Isabel, no Recife, recebeu evento pela primeira vez

Com o Teatro de Santa Isabel, no Recife, lotado, as comemorações dos 196 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) seguiram à noite, em 13 de agosto, na cerimônia de entrega da Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado a personalidades e magistrados que se destacaram na sua área de atuação. Os homenageados foram das áreas de direito, militar, médica, jornalística e musical. Na ocasião, foram diplomados ainda 41 servidores do Judiciário estadual por Honra ao Mérito. Confira as fotos nos álbuns do TJ pernambucano no Flickr: Ação de Graças, Galeria Ex-Presidentes, Medalha e Diploma 1 e Medalha e Diploma 2. Veja também um vídeo da TJPE TV no final desta reportagem ou clicando AQUI.

O presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, fez a abertura solene do evento, destacando a relevância das personalidades agraciadas com a mais alta condecoração instituída pela Justiça pernambucana. O patrono da medalha, Desembargador Joaquim Nunes Machado, foi uma das figuras mais marcantes da história de Pernambuco. Magistrado, líder político, herói de grandes lutas libertárias, identificado com as causas populares, tonou-se mártir do idealismo da liberdade. Desde 1985, a homenagem é entregue a diversas personalidades. Confira todos os agraciados na história AQUI.

Coral do TJPE e Orquestra Criança Cidadã abrilhantaram o evento

Coral do TJPE e Orquestra Criança Cidadã abrilhantaram o evento

Na sequência, houve a execução do hino nacional brasileiro pelo Coral do TJPE e pelo Quinteto de Cordas da Orquestra Criança Cidadã, sob a regência da maestrina Amilca Aniceto. Os grupos musicais executaram ainda as músicas Meu bem querer, do compositor Djavan; Oceano, também do compositor Djavan; e Madeira do Rosarinho (Madeira que cupim não rói), do compositor Capiba.

Após as apresentações, o chefe do Judiciário estadual, proferiu o discurso de comemoração do aniversário do TJPE. O desembargador Adalberto de Oliveira Melo iniciou a saudação, agradecendo a todos que ajudaram a construir a história do Tribunal. “Só é possível aproximar Justiça e população graças à dedicação de desembargadores, juízes, servidores, prestadores de serviço, estagiários, voluntários e inúmeros parceiros do Executivo, do Legislativo e da sociedade civil. Parabéns e muito obrigado a todos”, disse.

Público prestigiou o evento no Santa Isabel

Público prestigiou o evento no Santa Isabel

O magistrado também falou sobre a mudança do local da comemoração do aniversário, realizado pela primeira vez no Teatro de Santo Isabel, e a finalidade da homenagem. “Estamos aqui no magnífico Teatro, mas estamos ao lado da nossa casa, o Palácio da Justiça, que se estende por todo o estado onde há a representação do Judiciário. Podemos dizer que somos a casa de todo pernambucano, nascido ou de coração, que busca pacificação social. Dessa forma, a população pode encontrar, no Tribunal, um ambiente para a promoção da Justiça, em qualquer uma das 150 comarcas de nosso estado, do Sertão ao litoral. O TJPE está de portas abertas para todos. O desejo pela promoção da paz social e pela manutenção do Estado democrático de Direito, fundamentais para uma convivência sadia, é o que nos motiva a seguir em frente. Buscamos, por meio de nossas atividades, possibilitar as condições dignas ao bem-estar da população. No mesmo sentido, os representantes de todas as instituições aqui presentes realizam trabalhos semelhantes e exemplares dignos de total reconhecimento. Eis o motivo desta celebração”, afirmou.

Presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo abordou, em discurso, o atual cenário para a efetiva realização das ações do Judiciário

Presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo abordou, em discurso, o atual cenário para a efetiva realização das ações do Judiciário

No discurso, o presidente do Tribunal enfatizou a fase de adaptação às novas circunstâncias, envolvendo um período continuado de crise econômica financeira do estado e de todo o país. “Assim tivemos que nos adaptar. Não desistimos, nem desistiremos de nossos projetos. Estamos realizando, com o apoio do Governo do Estado de Pernambuco, o reequilíbrio econômico e financeiro do orçamento do Tribunal de Justiça. Primeiro temos que organizar a casa, colocar os pés no chão e, com equilíbrio, caminhar para a realização das nossas metas. Com isso, é compromisso meu, o qual não abro mão, o de nomear os 20 juízes e os 119 servidores aprovados em concurso. O Tribunal de Justiça de Pernambuco necessita desses juízes e servidores, e tenham certeza que irei nomeá-los. Há exatos 196 anos, em 13 de agosto de 1822, foi instalado o Tribunal da Relação da Província de Pernambuco. Temos a responsabilidade de honrar a contribuição de nossos antecessores e, ainda mais, trabalhar por um Judiciário presente na vida de cada pessoa com foco na construção de um futuro justo”, destacou. Confira o discurso do presidente na íntegra AQUI.

Durante a cerimônia, o Judiciário pernambucano homenageou representantes da Justiça de outros estados como de Alagoas e Paraíba. Receberam a Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado, no Grau Grão Colar de Alta Distinção, dentre outros, o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Otávio Leão Praxedes, e o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Joás de Brito. O chefe do Judiciário alagoano agradeceu a homenagem e disse se sentir honrado com o reconhecimento ao trabalho do TJAL. “A Corte de Alagoas é composta por 15 desembargadores. Desse total, 12 estão aqui para prestigiar esse momento. O Tribunal pernambucano é uma referência no país, então, para nós, é motivo de muito orgulho esta homenagem”, enfatizou. O presidente do TJPB também ressaltou o orgulho de receber a comenda. “Somos estados irmãos, tenho grandes amigos aqui em Pernambuco. Para mim, foi uma grande honra ter sido agraciado com uma medalha tão elevada e tão distinta. É uma grande alegria estar aqui com meus amigos de Pernambuco”, destacou.

Santana, o Cantador, recebe homenagem feita pelo TJPE

Santana, o Cantador, recebe homenagem feita pelo TJPE

Na área cultural, o destaque ficou por conta do cantor Santana, que se disse lisonjeado em receber a Medalha, na categoria Grau Cavaleiro. “Eu fico feliz por esse reconhecimento e estou aqui representando não só Santanna, o cantador, mas toda uma cultura popular nordestina, cultura esta que foi codificada por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, que nos deram condições para que nós pudéssemos transitar com mais tranquilidade nesse universo. É uma música que representa as raízes de um povo que eu herdei dos meus ancestrais, da minha família”, observou. 

A jornalista Graça Araújo também foi agraciada na categoria Grau Cavaleiro. “Eu já recebi alguns prêmios, mas esse tem um sabor especial, porque quando ele é dado pelo Poder Judiciário, ele ratifica que nós estamos fazendo aquilo que é, pelo menos, na TV Jornal, no nosso jornalismo, precisamos fazer: que é justiça. Então, se o Poder Judiciário reconhece que estamos fazendo isso e podemos contar com eles também para resolver as demandas de nossos telespectadores, está tudo certo. Eu fiquei lisonjeada, e é um presente que eu vou guardar como um reconhecimento, que eu guardo com muito apreço, e espero continuar fazendo jus a essa deferência. Prêmios como esse me obrigam a trabalhar muito mais e melhor”, declarou.

Jornalista Graça Araújo foi uma das personalidades homenageadas

Jornalista Graça Araújo foi uma das personalidades homenageadas

As medalhas foram entregues ao final do evento, nas categorias Grão Colar de Alta Distinção; Grande Oficial; Comendador; Comendador (Categoria Juízes); e Grau Cavaleiro. No total, 21 personalidades receberam as comendas. Depois foi realizada a entrega dos Diplomas de Honra ao Mérito a 41 servidores. Confira a lista dos homenageados na íntegra com a Medalha AQUI e com os Diplomas AQUI.

Desembargador Évio Marques recebeu Medalha na categoria Grão Colar de Alta Distinção

Desembargador Évio Marques recebeu Medalha na categoria Grão Colar de Alta Distinção 

Medalha – A "Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes" foi criada pelo egrégio Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, através da Resolução 17, de 13 de maio de 1985. Destinada a homenagear pessoas físicas e/ou jurídicas nacionais ou estrangeiras, que tenham se distinguido pelos relevantes serviços prestados à causa da justiça ou pelos seus méritos excepcionais no campo do Judiciário. É a mais alta condecoração instituída pela Justiça Pernambucana. A Medalha é representada por uma cruz da Ordem dos Templários contendo um escudo onde apresentado em relevo o frontispício do Tribunal de Justiça, sede do Poder Judiciário Estadual. Reflete em sua simbologia heráldica, a constante luta do Judiciário pelo reconhecimento do elevado significado de sua missão, diante do princípio hegemônico dos poderes assegurados pela carta Constitucional.

Autoridades dos três poderes prestigiaram o evento

Autoridades dos três poderes prestigiaram o evento

Representantes – A mesa de honra do evento foi composta pelo presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros; pelo procurador geral do Estado, Antônio César Caúla Reis, representando o governador Paulo Câmara; pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, desembargador Manoel de Oliveira Erhardt; pelo comandante Militar do Nordeste, Artur Costa Moura; pelo presidente do Conselho dos Tribunais de Justiça de Justiça e membros dos Tribunais de Justiça Estaduais, desembargador Pedro Bittencourt; pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Otávio Leão Praxedes; pelo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Joás de Brito; pela desembargadora do Trabalho, Eneida Melo, representando o presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, desembargador Ivan de Souza Valença Alves; pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Pernambuco (OAB/PE), Ronnie Preuss Duarte; e pelo defensor público geral do Estado, José Fabrício Silva de Lima.  

Notícia relacionada

TJPE inicia aniversário de 196 anos com missa e homenagem a ex-presidente

..................................................................................................................................................................
Texto: Ivone Veloso, Francisco Shimada, Amanda Machado e Bruno Brito | Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima | Ascom TJPE -  Alesson Freitas  | Agência Rodrigo Moreira 
Vídeo: Mônica Alcântara e Antonio Santos | Ascom TJPE