Notícias Notícias

Voltar

Com expectativa de reunir 1,3 mil pessoas, TJPE celebra casamento coletivo em universidade

Buquê de rosas brancas e vermelhas com duas alianças douradas em cima
 
O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), através do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), participa do quinto casamento promovido pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo), na segunda-feira (5/8), às 18h. O evento será na quadra da sede da unidade de ensino, localizada na avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, bairro da Imbiribeira, no Recife, e reunirá 215 casais e cerca de 1,3 mil pessoas, entre convidados e familiares. A cerimônia civil será celebrada pela juíza da 5ª Vara de Família e Registro Civil e coordenadora Setorial das Casas de Justiça e Programas Especiais do Nupemec/TJPE, Wilka Vilela, com as despesas cartorárias custeadas pelo Judiciário.
 
A coordenadora do Núcleo de Praticas Jurídicas do curso de Direito da Universo, Kalyne Monte, conta que todos os noivos tiveram assessoria jurídica gratuita sobre temas como família e planejamento familiar e organização de documentos para cartórios. Os orientadores foram professores e alunos do Núcleo, especializados em Direito de Família. “Esse será o maior evento que realizamos em relação aos nossos quatro casamentos anteriores. Antes, atuávamos juntos a comunidades carentes apenas da Imbiribeira, bairro onde se localiza nossa instituição, mas, com a participação do Nupemec/TJPE, vamos atender localidades de todo o Recife, Igarassu, Abreu e Lima, Paulista e Olinda, o que envolverá 20 cartórios extrajudiciais.”
 
A coordenadora destaca também a participação do curso de Gastronomia na cerimônia, pois será disponibilizado seu laboratório para a empresa de buffet que atuará na festividade. Além do TJPE, o quinto casamento da Universo é também uma parceria com a Revista Jurema, que promove o projeto “Casamento de Rainha – Um Sonho Coletivo”, idealizado pela produtora cultural Luciano Araújo.
 
Nesta última edição do projeto, a seleção dos casais para o evento da Universo ocorreu a partir do mês de agosto do ano passado. Os interessados enviaram cartas à Redação da publicação. O critério foi enviar uma mensagem contando a história de amor, ou o porquê do desejo de casar de véu e grinalda, e por que não realizaram ainda o seu sonho.
 
Além da cerimônia civil, haverá celebrações de casamentos religiosos no evento com a participação do reverendo da Igreja Católica Brasileira, padre Rosendo, e do reverendo da Igreja Palavra, Leonardo Mártires. A celebrante de casamentos Dionice Campos irá celebrar os quatro casais que possuem religião de matriz africana. De acordo com a revista, 151 casais professam a religião evangélica e 60 são católicos.
 
Recepção – Os 215 casais estarão devidamente trajados, seguindo a tradição: as noivas, com vestido branco ou “off-white”, enquanto os homens optam por terno preto, cinza ou azul-marinho. E, para compor os visuais, buquê, véu, grinalda e a lapela. A festa contará com a participação do cantor Patrick Dimom, do DJ Tubarão, de Nego Tom e da banda Balanço Black. A música de entrada será apresentada pelo maestro Gil Amâncio e piano. Os artistas e fotógrafos irão atuar gratuitamente.
 
Casamentos Coletivos – As cerimônias coletivas são promovidas pelas Casas de Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), unidades vinculadas ao Nupemec. No Recife, existem as unidades do Bongi e do Coque; em Olinda, funciona no Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade de Olinda (Focca), no bairro do Carmo; além das existentes em Toritama, em Fernando de Noronha e Vitória de Santo Antão. Casais interessados em oficializar a união devem aguardar o agendamento de cada unidade para a realização dos casamentos.
 
Casas de Justiça – É uma unidade multifuncional que promove ações voltadas à efetiva participação do cidadão e da comunidade na solução de problemas, além de aproximar o Poder Judiciário da sociedade. O Núcleo de Apoio e Desenvolvimento das Casas da Justiça e Cidadania é vinculado ao Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec/TJPE).  
.........................................................................................
Texto: Izabela Raposo | Ascom TJPE
Foto: Assis Lima | Ascom TJPE