Notícias Notícias

Voltar

TJPE fica em 6º lugar em ranking de transparência

Os critérios de transparência são analisados e pontuados pelo CNJ para posteriormente ser feita a classificação do ranking

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) ficou na sexta posição no ranking de transparência da informação divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em comparação ao ano passado, quando ficou na 18ª colocação, a escalada de 12 colocações evidencia a melhora em relação à análise realizada com os tribunais de todo o Brasil. O resultado espelha as mudanças iniciadas no site do TJPE através de atividade conjunta entre a Controladoria; a Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica (Coplan); as secretarias de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic), Gestão de Pessoas (SGP), Administrativa (SAD) e Judiciária (Seju), vinculadas à Diretoria Geral (DG); a Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-PE); a Assessoria de Comunicação Social (Ascom); e demais setores do Judiciário pernambucano.

O Ranking da Transparência do Poder Judiciário, aferido pelo Conselho Nacional, teve a segunda edição em 2019. Instituído pela Resolução CNJ 260/2018, a publicação do ranking ocorrerá anualmente, considerando a necessidade de acompanhar a divulgação de informações e valorizar aqueles que se destacam por clareza e organização. Nesse contexto, uma tabela com itens avaliativos é conferida de acordo com os materiais veiculados na página de tribunal ou conselho na internet. Os critérios de transparência são analisados e pontuados pelo CNJ para posteriormente ser feita a classificação do ranking.

Os critérios considerados na análise são relacionados a estrutura organizacional, serviço de informações aos cidadãos, disponibilidade de banco de dados pesquisável, visibilidade dos telefones de contato e horário de funcionamento das unidades, entre outros. Os órgãos respondem ao questionário eletrônico, e os dados são consolidados através da fiscalização da equipe técnica do CNJ para o resultado final.
..................................................................................................................................
Texto: Aryagne Lopes | Ascom TJPE
Foto: Assis Lima  |  Ascom TJPE