Notícias Notícias

Voltar

TJPE inicia apresentação do plano de emergência do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano

A imagem mostra três homens e uma mulher, de pé, recebendo orientações de um bombeiro. Ao fundo aparece a fachada do fórum Rodolfo Aureliano.

Magistrados recebem do Corpo de Bombeiros as informações sobre o plano de emergência 
 
Maior fórum de Pernambuco, o Desembargador Rodolfo Aureliano, na Ilha de Joana Bezerra, começou a colocar em prática novas ações de prevenção e combate a incêndio. A equipe da 3ª Vara de Sucessões da Capital foi a primeira unidade a receber orientações da Assistência Policial e Militar sobre o plano de evacuação em casos de emergência.
 
A apresentação do plano aconteceu nessa quarta-feira (1º/6) com a presença do presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Luiz Carlos Figueirêdo, do diretor do Foro da Capital, juiz Saulo Fabianne e da responsável pela unidade judicial, juíza Ana Carolina Avellar.
 
Coube ao tenente-coronel do Corpo de Bombeiros e integrante da Assistência Policial Militar do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Eduardo Rodrigues, explicar o plano e informar as ações que estão sendo tomadas. 
 
 “Além de mostrar as rotas para deixar o prédio em segurança, também explicamos como a evacuação do edifício deve ser feita, o que inclui a escolha da escada mais próxima, como descer por ela e a chegada até o ponto de encontro no lado externo do edifício. O plano de abandono também foi implantado na porta de entrada da unidade para que todos possam ver e assimilá-lo. Fizemos um teste e se este plano for seguido por todas as varas, conseguimos evacuar completamente o prédio em menos de 4 minutos de forma tranquila e sem mais intercorrências”, informa o tenente-coronel Eduardo Rodrigues. 
 
A apresentação contou com a participação de brigadistas já treinados pela administração do Rodolfo Aureliano nos primeiros meses de 2022. Diariamente, cerca de 7 mil pessoas circulam pelo fórum. Cerca de 1.200 trabalham no local.
 
De acordo com o diretor do Foro da Capital, Saulo Fabianne, o treinamento realizado na 3ª Vara de Sucessões da Capital será estendido para todas as unidades judiciais presentes no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. “Nosso cronograma prevê treinamentos frequentes para todas as varas. A apresentação do plano de evacuação é uma das etapas do nosso plano de segurança. Vamos concluir a apresentação das rotas de fuga para todas as varas até julho deste ano. Em seguida, vamos continuar treinando servidores e prestadores de serviço para atuarem como brigadistas e terem noções de primeiros socorros”, explicou. A segurança dos cidadãos, operadores de direito e magistrados e servidores que usam as instalações do Tribunal é uma prioridade da atual gestão. 
 
Prevenção é Fundamental
 
Durante a apresentação, o presidente do TJPE destacou mais de uma vez a importância da prevenção para evitar tragédias. Ele lembrou que outros países investem fortemente em campanhas educacionais para treinar a população contra catástrofes. Lembrou, inclusive, o caso de Cuzco, no Peru, onde crianças e adultos são treinados e orientados sistematicamente para saberem agir em casos de enchentes, deslizamentos e tremores de terra. "Claro que ninguém espera que uma tragédia aconteça todo dia, mas é preciso estar preparado", disse o desembargador Luiz Carlos Figueirêdo.
 
Ele acrescentou que no caso do Fórum Rodolfo Aureliano, o TJPE está buscando proteger o patrimônio público com a reforma de elevadores, do sistema de refrigeração e de toda a infraestrutura do local. "Mas é preciso ressaltar que o maior patrimônio é a vida humana", afirmou. 
 
Segundo ele, há várias formas de se antecipar ao problema. "É preciso ter rotas de fuga, planos traçados, avisos sonoros e treinamento permanente", complementou, o presidente do Judiciário pernambucano, comentando a tragédia das últimas chuvas no Estado.
"Intempéries dessa natureza sempre existiram e continuarão existindo em Pernambuco e em vários locais do Brasil. Tanto o Poder Público quanto a população precisam fazer sua parte. A hora não é de procurar culpados, mas temos que ter em mente que planejamento e ações preventivas significam a preservação de vidas".
 
Trabalho Coletivo
 
Ao encerrar o evento, o juiz  Saulo Fabianne agradeceu o apoio da Presidência para o plano de segurança e de emergência do Fórum e o empenho de diversas áreas do Tribunal no projeto, citando diretamente a Diretoria de Engenharia (DEA), a Diretoria de Infraestrutura (Diriest), as equipes da Diretoria e Administração do Foro da Capital, a Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) e os integrantes da Assistência Policial e Militar (APMC) do Tribunal, representados na ocasião pelo coronel da Polícia Militar Chusa Ferreira, chefe da APMC, e pelos representantes do Corpo de Bombeiros, o tenente-coronel Eduardo Rodrigue e os sargentos Carlos José e Mário Lúcio.
 
......................................................................................
Texto: Redação | Ascom TJPE
Foto: Assis Lima | Ascom TJPE