Últimas Notícias Últimas Notícias

Voltar

Júri em Petrolina condena a 50 anos e 9 meses de reclusão homem acusado por homicídio e estupro de garota de 11 anos

Em júri popular realizado em Petrolina na última terça-feira (7/12), o réu Francinaldo José da Silva foi considerado culpado, sendo condenado a uma pena de 50 anos e 9 meses de reclusão pelo homicídio e estupro da garota M. S. S., de 11 anos. A pena será cumprida inicialmente em regime fechado, na Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, onde o réu já se encontrava preso. O crime ocorreu em outubro de 2020. Os jurados que integraram o Conselho de Sentença acolheram a acusação do Ministério Público do Estado na integralidade. 
 
Na sentença proferida pela juíza Elane Brandão da Vara do Tribunal do Júri da comarca, o réu foi condenado a 38 anos de reclusão pela prática de homicídio qualificado (motivo torpe, emprego de asfixia, uso de recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima, e para ocultação de outro crime), e a 12 anos e 9 meses de reclusão por estupro de vulnerável. Durante as fases de investigação, de instrução processual e também no julgamento, o réu admitiu a prática dos crimes. 
 
O julgamento ocorreu no Fórum Dr. Manoel Souza Filho. Iniciou as 9h e terminou as 17h30, somando oito horas de duração.
 
A defesa do réu foi realizada pela Defensoria Púbica de Pernambuco (DPPE), que ainda pode recorrer da decisão.
 
 
....................................................................................................
Texto: Bruno Brito | Ascom TJPE