Notícias TJPE Notícias TJPE

Voltar

Ministras visitam Vara de Violência contra a Mulher Itinerante em Jaboatão

As ministras também conheceram a delegacia móvel que funciona ao lado da Vara itinerante

A Vara de Violência Doméstica contra a Mulher Itinerante montada pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) em Jaboatão dos Guararapes para a Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa recebeu, nesta terça-feira (10/3), a visita da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia virá ao Estado, nesta terça-feira (10/3), junto com a ministra chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci. O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Neves, acompanhou a visita.

As ministras também conheceram a delegacia móvel que funciona ao lado da Vara itinerante. Estiveram na visita, ainda, a secretária da Mulher do Estado, Silvia Cordeiro, o secretário de Defesa Social do Estado, Alessandro Carvalho, a secretária executiva da Mulher de Jaboatão dos Guararapes, Ana Selma dos Santos, e a assessora especial da Presidência, juíza Mariana Vargas.

A ministra Carmén Lúcia destacou a disposição de Pernambuco em participar da mobilização nacional para combate à violência contra a mulher. "No momento em que falei com o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco ele se prontificou de imediato a participar da Semana. Gostaria de agradecer a cada juiz deste estado pelo pronto atendimento para o início dos trabalhos. Todas as mulheres precisam ter paz em casa e quando isso não acontece a família adoece", explicou.

A Vara itinerante funciona em um equipamento móvel com estação de trabalho, guichês de atendimento e salas de audiência, cedido pela Secretaria de Defesa Social. Nove juízes atuarão na unidade, instalada na Casa da Cultura, na Praça Nossa Senhora do Rosário, nº 670, no Centro, das 8h às 18h. Uma equipe interinstitucional composta por juízes, promotores, defensores, delegados, assistentes sociais, psicólogos e oficiais de Justiça atende mulheres em busca de orientação e apoio sobre a Lei Maria da Penha.

Até o dia 13 estão agendadas mais de 2 mil audiências envolvendo crimes contra mulheres em Pernambuco. O presidente do TJPE parabenizou a ministra pela mobilização. "Pernambuco abraçou esta causa. Precisamos dar uma resposta à sociedade e essa mobilização busca dar visibilidade ao assunto. Atuaremos com disposição e acreditamos que obteremos bons resultados", ressaltou o desembargador Frederico Neves.

 

.........................................................................................

Texto: Rebeka Maciel | Ascom TJPE

Foto Rodrigo Moreira | Agência Rodrigo Moreira