Notícias TJPE Notícias TJPE

Voltar

Presidente do TJPE participa de apresentação do Sistema de Informação da Corregedoria

Magistrados reunidos no auditório

O encontro teve como objetivo detalhar o funcionamento do sistema e apresentar as próximas etapas no aperfeiçoamento da ferramenta

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Adalberto de Oliveira Melo, participou da apresentação do Sistema de Informação da Corregedoria (SiCor), desenvolvido pela Corregedoria Geral de Justiça. O sistema permite o acompanhamento e gestão de processos nas unidades judiciárias. A reunião, que contou com magistrados de diversas comarcas, foi promovida no Auditório Desembargador Nildo Nery, na Escola Judicial de Pernambuco (Esmape), na Ilha Joana Bezerra, no Recife. O encontro teve como objetivo detalhar o funcionamento do sistema, esclarecer dúvidas de magistrados e apresentar as próximas etapas no aperfeiçoamento da ferramenta.

O desembargador-presidente enfatizou a adoção da ferramenta como uma medida capaz de aprimorar a prestação de serviço à população. “Aliada às rotinas administrativas e judiciais já adotadas pelo Poder Judiciário e também cientes da necessidade de inovação em nosso trabalho, o uso do Sistema vai possibilitar uma gestão mais eficiente dos acervos judiciais e, consequentemente, ter impacto positivo direto nos índices de produtividade do Tribunal. Iremos melhorar nossa atuação, em busca de rotinas gerenciais capazes de aprimorar as atividades das equipes do TJPE”, afirmou.

Ainda segundo o presidente, o TJPE já vem adotando medidas para adequada prestação de serviço à sociedade com melhores condições de trabalho e atendimento para os profissionais do Judiciário e demais operadores do Direito. “Tivemos aumento gradativo nos índices de produtividade de magistrados e servidores, como atestado pelo Conselho Nacional de Justiça. Foram também realizados investimentos no setor de governança nas áreas Cível e de Executivos Fiscais com impacto na redução de acervos e cumprimentos de metas do CNJ”, observou.

O corregedor-geral de Justiça, desembargador Fernando Cerqueira, afirmou que a expectativa é que o SiCor ajude os magistrados a fazer uma gestão mais eficiente de seus acervos, implicando no aumento de produtividade. “A ferramenta também permitirá que a Corregedoria atue nas ações sem movimentação há mais de cem dias, uma das prioridades da atual gestão. Vamos trabalhar para conquistar um Judiciário mais ágil e eficaz”, enfatizou.

O Sistema de Informação da Corregedoria integra as informações dos sistemas de Processos, Gestão de Pessoal, Patrimônio e Almoxarifado, garantido uma visão mais acurada da realidade das unidades. A ferramenta permite o acesso aos processos conclusos críticos e paralisados críticos na secretaria. Atualmente, os magistrados já conseguem visualizar a situação das unidades em que atuam, obtendo informações de acervo em tramitação, processos conclusos, conclusos críticos, paralisados na secretaria e paralisados na secretaria críticos, bem como acessar a listagem dos processos em situação crítica.

Presentes - Integraram a mesa de honra do evento, o presidente do TJPE, desembargador Adalbeto de Oliveira Melo; o corregedor-geral de Justiça, desembargador Fernando Cerqueira; o assessor especial da Presidência, juiz Sílvio Beltrão; os assessores especiais da Corregedoria, juíza Fernanda Chuahy e Honório Gomes e a juíza corregedora auxiliar de 3ª Entrância Sônia Stamford; o supervisor da Esmape, juiz Saulo Fabianne; e o presidente da Associação dos Magistrados de Pernambuco (Amepe), juiz Emanuel Bonfim.

...........................................................................................................

Texto: Ivone Veloso  |  Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima  |  Ascom TJPE