Notícias TJPE Notícias TJPE

Voltar

TJPE ilumina o Palácio da Justiça em apoio à campanha de prevenção ao suicídio

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) aderiu ao Setembro Amarelo, uma campanha de conscientização sobre prevenção do suicídio que tem por objetivo alertar a população a respeito da realidade desse tipo de atentado contra a vida no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. O prédio escolhido foi o Palácio da Justiça, no Recife, que está iluminado com a cor amarela. 

 A campanha acontece desde 2014 em todo o mundo, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações. O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. 

Segundo a OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde), mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio anualmente. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), suicídio é uma prioridade de saúde pública. No Brasil, o CVV, Centro de Valorização da Vida, atende voluntária e gratuitamente aqueles que quiserem e precisarem conversar, sob total sigilo, por telefone (basta discar 188), e-mail e chat 24 horas todos os dias. O centro realiza apoio emocional e prevenção.

Mais uma causa - Na próxima segunda-feira (21/9), a cor do Palácio mudará para o tom verde em apoio ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. Essa data foi oficializada em 2005 pela Lei Nº 11.133. Segundo essa legislação, a pessoa com deficiência é aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas. Assim sendo, o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência surgiu como forma de garantir a integralização dessas pessoas na sociedade de maneira igualitária e sem preconceitos.

...........................................................................................
Texto: Redação | Ascom TJPE
Foto: Assis Lima | Ascom TJPE