Notícias

Voltar

Judiciário pernambucano passa a contar com 20 novos juízes

Juízes sentados lado a lado, vestindo toga, com público sentado ao fundo

Novos juízes tomaram posse e iniciaram curso de formação na Esmape/TJPE

A concretização de um sonho, a gratidão pela conquista e a responsabilidade no servir à população foram os temas abordados durante a cerimônia de posse dos 20 juízes substitutos do Poder Judiciário Estadual aprovados em concurso público de provas e títulos. A solenidade foi realizada na Escola Judicial de Pernambuco (Esmape/TJPE), em 1º de julho, na presença de familiares e amigos dos empossados e diversas autoridades. Com a chegada dos novos integrantes, alcançou-se o total de 555 magistrados em atuação na Justiça pernambucana, sendo 52 desembargadores. Confira as fotos AQUI ou AQUI.

Coube ao presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Adalberto de Oliveira Melo, presidir a solenidade. “Ao me dirigir aos novos integrantes deste Poder, creio que cada um se recorda dos sacrifícios e das angústias pelos quais teve de passar ao optar, no Direito, pelo campo da magistratura. Das noites não dormidas à ausência em momentos marcantes de familiares e amigos, cada um tem noção do quanto teve de fazer escolhas para hoje poder realizar o sonho de iniciar a carreira de juiz. Creio que todos estejam muito orgulhosos e felizes com o resultado atingido. Atualmente mais de dois milhões de processos tramitam na Justiça de Pernambuco, e precisamos da contribuição de cada um para a resolução desses conflitos, longe de qualquer vaidade, sempre pautados pelo cumprimento fidedigno da lei em cada julgamento. Nossa função é contribuir para a pacificação da sociedade, tão atribulada nos últimos anos”, declarou o desembargador-presidente Adalberto de Oliveira Melo.

Única pernambucana entre os 20 novos magistrados, a juíza Marina Bandeira foi escolhida pelos colegas para fazer a leitura do juramento dos magistrados. "A caminhada foi árdua, além da expectativa, já que aguardamos a nomeação por mais de três anos. Mas estou muito feliz, principalmente porque o TJPE é minha segunda casa. Trabalho há sete anos como servidora do Tribunal e sou muito feliz aqui. Agora os desafios são novos", disse. Já o discurso de posse foi feito pelo magistrado Manoel Belmiro Neto, que, além de agradecer o apoio dos familiares em nome de todos os colegas, falou sobre o compromisso que todos assumirão daqui pra frente. "Busquemos escutar as vozes da sociedade com o objetivo de promover a paz social, mas nunca esquecendo dos valores principiológicos constitucionais, notadamente os direitos individuais e garantias fundamentais", destacou.

Magistrados em pé em frente ao dispositivo de honra, olhando para o público

Posse contou com familiares e amigos dos empossados e diversas autoridades

Também proferiram discursos: o corregedor-geral da Justiça de Pernambuco, desembargador Fernando Cerqueira; o diretor-geral da Escola Judicial de Pernambuco (Esmape/TJPE), desembargador Jones Figueirêdo Alves; o presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Pernambuco (Amepe), juiz Emanuel Bonfim; e a presidente da Comissão do Concurso, desembargadora Daisy Andrade. “Exercer a função judicante, em um país conhecido pelo ‘jeitinho’, aumenta o desafio de seus agentes. O esforço do julgador deve ser sempre no sentido de permear a sua atividade em princípios éticos que assegurem a independência necessária para o exercício da atividade. Acredito que o esforço diário como agentes públicos no exercício da função de estado-juiz é sobretudo nunca esquecer que devemos sempre servir a instituição e nunca dela nos servirmos”, destacou a magistrada, relembrando discurso feito durante a posse dos 30 primeiros juízes em fevereiro de 2016.

Notícias relacionadas

Novos juízes tomam posse na Escola Judicial

Com auditório lotado, novos magistrados do TJPE são empossados

Esmape/TJPE inicia Curso de Formação Inicial para magistrados

Corregedor participa de aula inaugural do curso de formação inicial para novos juízes
.................................................................................................................................
Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE – Com informações da Amepe
Fotos: Silla Cadengue | Cacoete Produções | Ascom TJPE
Fotos: Gleber Nova | Esmape TJPE