Notícias

Voltar

TJPE promove primeiro casamento coletivo na Casa de Justiça de Olinda

Casa por trás de rosas

Cerimônia para 32 casais foi organizada pela Casa de Justiça e Cidadania da cidade com apoio de parceiros

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por meio da Casa de Justiça e Cidadania de Olinda, promoveu, nesta sexta-feira (17/8), pela manhã, o casamento coletivo de 32 casais. A cerimônia, gratuita para os participantes, aconteceu no auditório do Centro Poli Esportivo Luíza Cora, e foi presidida pelo juiz da Vara de Família e Registro Civil do município, Gustavo Genú.

A Casa de Justiça e Cidadania de Olinda foi instalada há três anos e funciona nas dependências do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Faculdade de Olinda (Focca), na Rua do Bonfim, 47, no Carmo. No espaço, a população recebe orientações, encaminhamentos e atendimento jurídico gratuito. Na unidade, também podem ser conciliadas ações na área de família, que incluem separação, alimentos, regulamentação de visitas, guardas e partilha de bens; e de natureza cível, que envolvem danos e cobranças de dívidas, comércio local e conflitos de vizinhança. 

Três casais lado a lado

Três dos 32 casais que disseram "sim" em Olinda durante casamento coletivo

A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. O trabalho é realizado por uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, assistentes sociais e advogados. Além de oferecer assistência jurídica, psicológica e social, a casa está aberta à colaboração de profissionais de diversas áreas, como saúde, pedagogia e artes, para a promoção de cursos e palestras.

Mantidas através do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Judiciário estadual e parceiros, o Tribunal possui cinco Casas de Justiça e Cidadania, sendo a pioneira localizada no bairro do Coque, no Recife. As outras unidades funcionam no bairro do Bongi, também na Capital; em Olinda, no Carmo; na Comarca de Toritama, no Agreste; e uma no Arquipélago de Fernando de Noronha.
..................................................................................................................................
Texto: Ivone Veloso | Ascom TJPE – Com informações da Focca
Fotos: Ricardo Lima | Ascom Focca