Pular para o conteúdo

Notícias

Voltar

Cartórios do Estado terão novos delegatários

Mais de 60 candidatos aprovados no concurso para cartórios de notas e de registro de todo o Estado foram investidos no cargo nesta quinta-feira (23/11). A solenidade, presidida pelo corregedor Geral da Justiça de Pernambuco, desembargador Antonio de Melo e Lima, aconteceu no Fórum Thomaz de Aquino, localizado no bairro de Santo Antônio. Também compuseram a mesa de honra do evento o desembargador Jovaldo Nunes e o juiz corregedor auxiliar do extrajudicial da Capital, Sérgio Paulo Ribeiro. 

Os recém-empossados já tiveram seus planos de trabalho aprovados pelo corregedor geral. Eles assumirão serventias vagas, ocupadas atualmente por interinos, e novos cartórios, criados por meio do desmembramento de delegações, com o objetivo de atender melhor a população. 

Em seu discurso, o corregedor destacou o esforço dos candidatos até o momento da investidura. “Quis o destino que coubesse a mim a honrosa missão de concluir o processo de investidura de Vossas Senhorias com este ato solene de posse. Afinal, todos sabemos que a peleja foi muito grande, muito intensa, que tiveram de suportar toda sorte de agruras, e, só agora depois de decorridos mais de cinco longos anos, repletos de idas e vindas, pendengas judiciais de toda sorte, estamos aqui hoje”, relembrou.

O desembargador Antonio Melo também ressaltou a importância dos serviços extrajudiciais para a população. “Nosso Estado os recebe na confiança de que prestarão serviços da mais alta qualidade ao povo pernambucano, razão final da própria existência dos serviços judiciais e extrajudiciais. Não é nenhuma novidade da suprema importância que os serviços extrajudiciais têm na atual realidade brasileira, sobretudo diante do processo sem volta de desjudicialização de causas sem lide, onde não existem conflitos, como é o caso dos divórcios e separações consensuais”, explicou.

Escolhida para representar os delegatários, Dayse Nunes, deu as boas-vindas aos colegas de outros estados e pediu a todos que o trabalho seja desempenhado com amor, ética e dedicação. “É uma atividade árdua, mas prazerosa. Precisamos preservar a credibilidade desse trabalho e honrar com toda a luta que passamos para estar aqui hoje”, afirmou.

Os novos delegatários têm até 30 dias para entrar em exercício no cargo. Também participaram da solenidade os juízes assessores especiais da Corregedoria, Eduardo Guilliod e Sandra Beltrão, e o juiz corregedor auxiliar da 2ª Entrância, José Anchieta Félix.

------

Texto: Rebeka Maciel | Ascom CGJ PE
Foto: Agência Rodrigo Moreira