Pular para o conteúdo

Notícias

Voltar

TJPE comemora 195 anos

A celebração foi marcada por cânticos religiosos executados pelo Coral do TJPE

Uma missa em ação de graças foi o primeiro evento da segunda-feira (14/8) em comemoração aos 195 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A celebração começou às 9h na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no bairro de Santo Antônio, no Recife. Entre magistrados e servidores, a missa contou com a presença do presidente do Judiciário estadual, desembargador Leopoldo Raposo; dos vice-presidentes, desembargadores Adalberto Melo e Fernando Martins; e do corregedor-geral da Justiça, desembargador Antônio de Melo e Lima. A celebração foi marcada por cânticos religiosos executados pelo Coral do TJPE.

O ato religioso foi celebrado pelo padre Francisco Caetano Pereira e co-celebrado por Dom Marcelo Gomes Costa. Em seu sermão, o padre Caetano Pereira destacou o esforço do Judiciário para cumprir suas funções com ética e celeridade no contexto de crise em que o país se encontra.

Os eventos em comemoração aos 195 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) seguiram pela manhã de segunda-feira (14/5) com as homenagens a personalidades que contribuíram com ações de forma efetiva coma evolução da Justiça e melhoria da sociedade. A solenidade ocorreu no Salão dos Passos Perdidos, no 1º andar, do Palácio da Justiça, no bairro de Santo Antônio, no Recife. 

O Quinteto da Orquestra Criança Cidadã abriu o evento executando o Hino Nacional, e as músicas Por una Cabeza, de Carlos Gardel; e Asa Branca, de Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga. Em seguida, o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, falou da função do Judiciário, que vai além do julgamento de lides e conflitos. Em seguida, o chefe do Judiciário estadual iniciou a entrega da Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado. No total, 25 pessoas foram agraciadas com a medalha e 31 homenageados com o Diploma de Honra ao Mérito.

Entre os agraciados com o diploma estava a secretária geral da Corregedoria, Elaine Barros. Já entre os homenageados com a Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado, estiveram presentes: o desembargador Demócrito Filho; o presidente do Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura (Copedem), desembargador Antônio Rulli Júnior; a Associação Comunidade Obra de Maria; o vice-governador Raul Henry; o procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros; a secretária estadual da Mulher, Sílvia Maria Cordeiro; o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Ranilson Brandão Ramos; e o padre Francisco Caetano Pereira.

Também receberam a maior honraria do TJPE, os advogados José Henrique Wanderley júnior Filho e Márcio José Alves de Souza; a Orquestra Criança Cidadã; a secretária de Esportes do Recife e desportista olímpica do pentatlo moderno, Yane Marques; e o conselheiro distrital de Fernando de Noronha, Milton Luna da Silva.

Autoridades – A mesa de honra do evento foi composta pelo presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo; pelo governador do Estado, Paulo Câmara; pelo procurador-geral de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros; pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, Ivan Valença Alves; pelo deputado estadual Pastor Cleiton Collins, representando o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchôa; pelo comandante militar do Nordeste, general Artur Costa Moura; e pelo defensor-geral do Estado, Manoel Jerônimo de Melo.

A solenidade terminou com a execução do Hino de Pernambuco pelo Quinteto da Orquestra Criança Cidadã. O presidente do TJPE agradeceu a todos pela presença e elogiou a apresentação do Quinteto.
............................................................................................................................... 

Texto: Redação | Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima | Ascom TJPE