Notícias

Voltar

Esmape inicia Curso de Formação Inicial para magistrados

Novos magistrados e docentes da aula inaugural
Novos magistrados e docentes da aula inaugural na Escola Judicial de Pernambuco

Teve início nesta terça-feira (02), na Escola Judicial de Pernambuco (Esmape), o Curso de Formação Inicial para os novos magistrados do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Durante os próximos três meses, os integrantes do Poder Judiciário contarão com toda a estrutura da Esmape para aprimorar ainda mais seus conhecimentos e conhecer o Judiciário pernambucano. 

Estiveram presentes na mesa da aula inaugural o Presidente do TJPE, Des. Adalberto de Oliveira Melo; o Diretor Geral da Esmape, Jones Figueiredo Alves; o Corregedor Geral da Justiça, Fernando Cerqueira Noberto dos Santos; o Des. 1ª da Câmara Regional - Caruaru, Humberto Costa Vasconcelos Junior; e o juiz supervisor da Esmape, Saulo Fabianne de Melo Ferreira.

No encontro, foi ministrada a disciplina Administração da Atividade Judiciária, que engloba as atividades desenvolvidas nas unidades judiciárias, gestão de pessoas, de materiais e de resultados. Após uma breve apresentação individual dos novos juízes, os integrantes da mesa compartilharam as suas experiências.

O Des. Humberto Costa Vanconcelos Junior falou sobre a criação e o funcionamento da 1ª Câmara Regional do TJPE que atualmente recebe cerca de 250 a 300 processos por mês. “Nós tivemos a felicidade de ver nascer o conceito de regionalizar o tribunal. É algo extremamente desafiador. O tribunal é um órgão único, só que ele se expandiu para uma região de Pernambuco onde tem muitos conflitos”, explicou o Des. Humberto Vasconcelos, que ressaltou a importância de os magistrados participarem de capacitações. “Adotem a Esmape porque este aqui é um palco relevantíssimo para todos nós, onde a gente discute, estuda, aprende e dialoga”, afirmou.

Juízes durante a aula inaugural
Novos magistrados participam de aula inaugural do Curso de Formação Inicial na Esmape

Entre as lições aprendidas e repassadas pelo Presidente do TJPE, Des. Adalberto de Oliveira Melo, no seu ingresso à magistratura foi a do juiz se fazer presente na comarca. “Visitem as atividades da cidade, participem das solenidades, para que todos saibam que a comarca tem um juiz porque é muito importante”, disse o Des. Adalberto de Oliveira Melo, que agendará, juntamente com o Des. Jones Figueiredo Alves, encontros após os novos magistrados assumirem o exercício das suas funções nas comarcas.

O Corregedor Geral da Justiça, Des. Fernando Cerqueira Noberto dos Santos, falou sobre o Código de Conduta Judicial, os princípios e a Lei Orgânica da Magistratura, os cuidados com as exposições nas mídias sociais, o Código de Ética e da capacitação permanente. “A Escola oferece os cursos de aperfeiçoamento que são muito importantes para todos nós, pois você vai melhorar, se aperfeiçoar, ouvir outras ideias e trocar opiniões com os colegas”, afirmou o Des. Fernando Cerqueira Noberto dos Santos.

O Diretor Geral da Esmape, Des. Jones Figueiredo Alves, encerrou a aula inaugural trazendo sua vasta experiência no Judiciário pernambucano e ressaltando a importância de o magistrado buscar conhecimentos em diversas áreas. “O juiz tem que ser permeado com muitas outras disciplinas, investigação científica, pesquisa acadêmica para inclusive influenciar na sua própria visão de mundo no que diz respeito à sentença”, explicou o Des. Jones Figueiredo Alves.
O Curso de Formação Inicial possui carga horária de 480 horas-aula e tem como objetivo desenvolver competências para o exercício crítico do papel do juiz na aplicação efetiva da justiça.

Confira aqui as fotos.
..................................................
Texto: Cláudia Franco
Fotos: Gleber Nova