Notícias

Voltar

Novos juízes tomam posse na Escola Judicial

Novos magistrados tomam posse na Esmape
Novos juízes tomam posse na Escola Judicial de Pernambuco

A Escola Judicial de Pernambuco (Esmape) sediou, nesta segunda-feira (01), a posse dos 20 novos magistrados substitutos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Os baracheis em Direito foram nomeados em junho deste ano através do Ato da Presidência do TJPE nº 602/2019.

A juíza Marina Bandeira Araújo Barbosa Lima, que já fazia parte do quadro da instituição como servidora, representou os colegas fazendo o juramento e assinando o termo de posse. Após, a declaração da posse pelo Presidente do TJPE, Des. Adalberto de Oliveira Melo, o orador da turma, Manoel Belmiro Neto, discursou. “O juiz deve pautar sua conduta na humanidade, simplicidade e dedicação. O processo nunca será apenas um pedaço de papel ou documentos eletrônicos. Em cada processo há uma pessoa e as decisões judiciais são capazes de alterar a vida daqueles que aguardam uma prestação jurisdicional”, disse Manoel Belmiro Neto.

Durante a solenidade, o Diretor Geral da Esmape, Des. Jones Figueiredo Alves, parabenizou os novos integrantes do Judiciário pernambucano e falou sobre o desafio da atividade judicante. “O juiz para dar o bom exemplo precisa ser aquele que está animado com todas as forças e virtudes do encontro ético, mas sobretudo saber que seu exemplo é o de referência porque o país precisa de juízes de coragem. Vocês saberão enfrentar com ousadia, coragem, moral, isenção emocional e rigor técnico as condições necessárias para exercício da magistratura”, afirmou o Des. Jones Figueiredo Alves.

O Presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Des. Adalberto de Oliveira Melo, frisou o empenho da instituição em promover uma melhor prestação jurisdicional à sociedade. “Quando assumi a Presidência, um dos compromissos foi a garantia da nomeação de magistrados e servidores aprovados e classificados nos concursos realizados. Superamos inúmeros desafios e, hoje, cumpro mais uma fase do planejamento. Por isso, reafirmo o compromisso junto à sociedade, investindo em pessoal qualificado para uma melhor prestação de serviço”, disse o Des. Adalberto de Oliveira Melo.

Juízes e familiares durante a posse na Esmape
Juízes e familiares durante a posse na Escola Judicial de Pernambuco

No evento, o Corregedor Geral da Justiça, Des. Fernando Cerqueira Noberto dos Santos, destacou uma das principais qualidades que o magistrado deve ter.  “O que é mais importante no juiz é a presença. É importante para a comunidade, o jurisdicionado, o advogado saber que o juiz está ali para recebê-lo e para promover a paz social”, disse. “É importantíssimo saber se relacionar com todas as pessoas, os advogados, os servidores, os membros do Ministério Público, pois todos trabalham com um objetivo, e a Escola Judicial dá grande importância à gestão judicial” completou o Des. Fernando Cerqueira durante o seu discurso.

Compuseram a mesa da solenidade os desembargadores Adalberto de Oliveira Melo, Jones Figueiredo Alves, Fernando Cerqueira Noberto dos Santos; a desembargadora Daisy Maria de Andrade Costa Pereira; o Presidente da Associação dos Magistrados de Pernambuco, Emanuel Bonfim; os juízes Silvio Romero Beltrão; Saulo Fabianne de Melo Ferreira e Gleydson Gleber de Lima Pinheiro; o Procurador Geral do Estado, Ernani Medicis, representando o Governador do Estado de Pernambuco; o Diretor Geral do TJPE, Ricardo Lins; e o Secretário Judiciário, Carlos Gonçalves.

Durante os próximos três meses, a Esmape promove o Curso de Formação Inicial para os novos integrantes do Judiciário pernambucano. A capacitação é uma exigência da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), possui carga horária de 480 horas-aula e tem na grade disciplinas teóricas e práticas.

Confira aqui as fotos.

..................................................
Texto: Cláudia Franco
Fotos: Gleber Nova