Notícias

Voltar

Magistrados substitutos conhecem a estrutura do TJPE

Des. Jones Figueiredo Alves e o juiz Saulo Fabianne durante aula para novos magistrados
Des. Jones Figueiredo Alves e juiz Saulo Fabianne durante aula para os novos magistrados

Na tarde desta terça-feira (02), os magistrados substitutos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) conheceram um pouco mais funcionamento da instituição. A atividade faz parte das aulas do Curso de Formação Inicial que está sendo promovido pela Escola Judicial de Pernambuco (Esmape).

No primeiro encontro da disciplina Estrutura e Funcionamento do Tribunal de Justiça, o Diretor Geral da Esmape, Des. Jones Figueiredo Alves e o juiz supervisor da Escola Judicial, Saulo Fabianne, falaram sobre as atividades desenvolvidas pela Esmape, como os cursos de aperfeiçoamento, vitaliciamento e idiomas, os programas de intercâmbio, os concursos de monografias, entre outros.

Após a conversa, o Diretor Geral da Esmape, Des. Jones Figueiredo Alves, e o juiz supervisor, Saulo Fabianne, apresentaram aos magistrados toda a estrutura disponível para o aprimoramento do conhecimento dos que fazem parte do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Saulo Fabianne explica o funcionamento da Esmape aos novos magistrados
Juiz supervisor da Esmape, Saulo Fabianne, explica o funcionamento da Esmape aos novos magistrados

O juiz substituto Jorge William Fredi integra a turma, que é composta por mais 19 magistrados, e se surpreendeu com a Escola Judicial de Pernambuco. “Ontem iniciamos o Curso de Formação da Magistratura na Esmape e ficamos surpreendidos pela estrutura física e também pela organização do curso. Conhecemos todo o prédio, vimos que tem auditórios excelentes, salas de aulas para os cursos, para fazer júri e audiência simulados. Uma estrutura excepcional. Com certeza este curso nós dará uma capacitação inicial para começarmos a atividade da judicatura”.

O módulo Estrutura e Funcionamento do TJPE tem como objetivo explicar a normatização, o funcionamento, as atribuições e a estrutura administrativa e judiciária da instituição. Também participarão desses encontros representantes da Diretoria Geral, Secretaria de Administração, Diretoria de Engenharia e Arquitetura, Diretoria de Infraestrutura, Secretaria de Gestão de Pessoas, Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, Consultoria Jurídica, Secretaria Judiciária, Assessoria Policial Militar, Assessoria de Comunicação, Assessoria Especial da Presidência, Corregedoria Geral da Justiça e Diretoria do Foro da Capital.

..................................................
Texto: Cláudia Franco
Fotos: Gleber Nova