Apresentação

O Poder Judiciário de Pernambuco está implantando o Processo Judicial Eletrônico (PJe) em seus órgãos julgadores e unidades administrativas. Por esse motivo, este site foi criado para atender a necessidade de informações de cidadãos, advogados, promotores, procuradores, defensores públicos, magistrados e servidores sobre a implantação e uso do sistema.

No menu de Acesso Rápido é possível acessar links com informações úteis sobre procedimentos básicos a serem realizados para ter acesso ao sistema.

O conteúdo deste site também foi elaborado para ser didático e tirar dúvidas. No menu horizontal superior, há informações e guias nas seções "PJe em Pernambuco" e "Manuais e Orientações" que ensinam como usar o sistema de forma eficiente e prática. Caso haja dúvidas, você pode entrar em contato na seção "Fale Conosco" e fazer perguntas. A propósito, as "Perguntas mais frequentes" já estão respondidas na seção correspondente.

 

 

O que é o PJe?

O Processo Judicial eletrônico (PJe) é um sistema desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com os tribunais para a automação do Judiciário brasileiro. O objetivo principal é manter um sistema eletrônico capaz de permitir a prática de atos processuais em todos os ramos do Judiciário (Federal, Estadual e do Trabalho). O PJe foi lançado oficialmente em 21 de junho de 2011. Desde 3 de fevereiro de 2014, o CNJ está utilizando exclusivamente o PJe para o trâmite de novos processos.

 

Como navegar no PJe?

Para ter acesso ao sistema, advogados, promotores, procuradores e defensores devem clicar no link "PJe 1º Grau Acessar o Sistema" se o processo estiver na primeira instância ou no link "PJe 2º Grau Acessar o Sistema" se estiver na segunda instância. O cadastro dos advogados será realizado no primeiro acesso aos sistemas de 1º e 2º Graus.

Para fazer uma simples pesquisa processual, deve-se clicar no link "Consulta Pública de Processos". Nessa pesquisa, não é exigido cadastro ou certificação de cidadãos, partes, advogados, promotores, procuradores e defensores públicos.

No link "Consulta de Documentos", também não é necessário ter cadastro no sistema, ou seja, qualquer pessoa pode realizar essa pesquisa.

Eventos