Notícias

Voltar

Caruaru ganha uma Casa de Justiça e Cidadania

Reitor da Asces-Unita e presidente do TJPE, de pé, apertam as mãos

Reitor Paulo Muniz e desembargador Adalberto de Oliveira Melo

Formalizar convênio entre o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e o Centro Universitário Tabosa de Almeida (Asces-Unita) para a instalação de uma Casa de Justiça e Cidadania em Caruaru. Esse foi o objetivo de solenidade realizada na reitoria da instituição de ensino, em 29 de março, durante visita de comitiva de integrantes do Judiciário ao Agreste. A unidade, sétima no Estado, tem previsão de início de funcionamento no mês de junho após conclusão de reforma do imóvel localizado na avenida Monte Cassino, 792, no Bairro Universitário.
 
Com o convênio e a futura instalação da nova Casa, a população de Caruaru terá acesso gratuito a serviços diversos, como orientação jurídica, sessões de conciliação e realização de casamentos coletivos, além de atendimentos nas áreas de saúde e educação. No Estado estão em funcionamento seis Casas de Justiça e Cidadania sob a coordenação do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Solução de Conflitos (Nupemec/TJPE). As unidades estão instaladas em Recife (duas), Olinda, Fernando de Noronha, Vitória de Santo Antão e Toritama.

Nascido em Caruaru e egresso da Asces-Unita, o presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, reforçou a importância de trazer o equipamento para a Capital do Agreste. “É sempre uma felicidade estar em minha terra natal, principalmente formalizando parcerias que irão trazer benefícios diretos para a comunidade. Com o convênio de instalação dessa nova Casa, a população de Caruaru terá acesso a serviços diversos, como atividades educativas, orientação jurídica, psicológica e social”, destacou.

Público sentado e em pé assiste fala do reitor

Encontro foi prestigiado por integrantes do Judicário, do Executivo e da sociedade civil

Para o reitor Paulo Muniz, o ato mostra o esforço do Judiciário em atuar além da esfera jurisdicional. “Quando nos foi oferecida a possibilidade de estabelecer uma parceria com o TJPE, muito nos alegrou, porque vinha ao encontro da nossa missão. Ter um Tribunal de Justiça que se ocupa para além da prestação jurisdicional é extremamente importante, por isso, a Casa da Justiça e Cidadania transcende o aspecto da prestação jurisdicional ou da conciliação, para também estar voltado para atendimentos de natureza social”, frisou.

A solenidade foi prestigiada por representantes do Judiciário e do Executivo, bem como por autoridades eclesiásticas. Estiveram presentes o coordenador-geral do Nupemec, desembargador Erik Simões; a coordenadora das Casas de Justiça e Cidadania, juíza Wilka Vilela; demais magistrados, secretários, diretores, assessores e assistentes do TJPE; o vice-prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro; e o bispo Dom Bernardino Marchió.

Confira vídeo sobre o evento em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=158&v=2nwFzxQHtYw

Integrantes do TJPE e da Asces de pé lado a lado

Com a presença de representantes de diversas entidades, assinatura de convênio ocorreu na Reitoria da Asces

...............................................................................................................
Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE
Fotos: Assis Lima | Ascom TJPE