Notícias

Voltar

TJPE celebra casamento coletivo em universidade com a participação de 215 casais

Noivo beija barriga de noiva grávida, que segura buquê de rosas vermelhas

Cerca de 1,3 mil pessoas participaram da festa

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), através do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), participou do quinto casamento promovido pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo), na segunda-feira (5/8). O evento foi realizado na quadra da sede da unidade de ensino, bairro da Imbiribeira, no Recife, e reuniu 215 casais e cerca de 1,3 mil pessoas, entre convidados e familiares. A cerimônia civil foi celebrada pela juíza da 5ª Vara de Família e Registro Civil e coordenadora Setorial das Casas de Justiça e Programas Especiais do Nupemec/TJPE, Wilka Vilela, com as despesas cartorárias custeadas pelo Judiciário. Confira as fotos AQUI.

Os noivos, residentes em Recife, Igarassu, Abreu e Lima, Paulista e Olinda, tiveram assessoria jurídica gratuita sobre temas como família e planejamento familiar e organização de documentos para cartórios com equipes da Universo. Os orientadores foram professores e alunos especializados em Direito de Família. Também houve a participação do curso de Gastronomia na cerimônia, que disponibilizou seu laboratório para a empresa de buffet que atuou na festividade. Além do TJPE, o quinto casamento da Universo é uma parceria com a Revista Jurema.

Além da cerimônia civil, houve celebrações de casamentos religiosos no evento com a participação do reverendo da Igreja Católica Brasileira, padre Rosendo, e do reverendo da Igreja Palavra, Leonardo Mártires. A celebrante de casamentos Dionice Campos celebrou os quatro casais adeptos à religião de matriz africana. De acordo com a revista, 151 casais professam a religião evangélica e 60 são católicos.

Recepção – Os 215 casais compareceram devidamente trajados, seguindo a tradição: as noivas, com vestido branco ou “off-white”, enquanto os homens optaram por terno preto, cinza ou azul-marinho. E, para compor os visuais, buquê, véu, grinalda e a lapela. A festa contou com a participação do cantor Patrick Dimom, do DJ Tubarão, de Nego Tom e da banda Balanço Black. A música de entrada foi apresentada pelo maestro Gil Amâncio e piano. Os artistas e fotógrafos atuaram gratuitamente.

Casamentos Coletivos – As cerimônias coletivas são promovidas pelas Casas de Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), unidades vinculadas ao Nupemec. No Recife, existem as unidades do Bongi e do Coque; em Olinda, funciona no Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade de Olinda (Focca), no bairro do Carmo; além das existentes em Toritama, em Fernando de Noronha e Vitória de Santo Antão. Casais interessados em oficializar a união devem aguardar o agendamento de cada unidade para a realização dos casamentos.

Casas de Justiça – É uma unidade multifuncional que promove ações voltadas à efetiva participação do cidadão e da comunidade na solução de problemas, além de aproximar o Poder Judiciário da sociedade. O Núcleo de Apoio e Desenvolvimento das Casas da Justiça e Cidadania é vinculado ao Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec/TJPE).  
.......................................................................................
Texto: Redação | Ascom TJPE
Fotos: cacoete Produções | Ascom TJPE