Últimas Notícias em destaque Últimas Notícias em destaque

Voltar

Novos servidores tomam posse no Judiciário estadual pernambucano

A Justiça estadual pernambucana conta agora com mais 26 servidores. Eles tomaram posse nesta terça-feira (16/3), às 15h, por meio de uma cerimônia virtual através da plataforma Cisco Webex. No total, são 13 técnicos judiciários, cinco analistas judiciários, quatro assistentes sociais, três psicólogos e um oficial de justiça que atuarão em 11 polos jurídicos distribuídos por todo o estado. A solenidade foi transmitida ao vivo pelo canal oficial do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) no YouTube para que familiares e amigos pudessem acompanhar o evento.

A abertura da cerimônia foi realizada pelo secretário de Gestão de Pessoas do TJPE, Luís Eduardo Câmara, que deu boas-vindas aos novos servidores, destacando o momento diferenciado na Justiça, marcado pelo trabalho remoto em função da pandemia provocada pela Covid-19, e da necessidade de superação e de comprometimento para a conquista e a manutenção de um serviço eficiente e célere para o jurisdicionado.  

“Acredito que o ingresso no Judiciário agora seja uma oportunidade de demonstrar dedicação, que é o que realmente faz diferença na produção de resultados. O trabalho remoto vem se mostrando efetivo dentro da nossa realidade e é a nossa força de vontade também que nos impulsiona todos os dias nessa tarefa diferenciada. Vocês foram escolhidos para atuar num período difícil e nas unidades que mais precisam de servidores. Como servidor quero dizer que não existe nada mais gratificante do que a sensação de dever cumprido, de um trabalho realizado com responsabilidade e de ter principalmente a sensação de que foi possível ter feito a diferença dentro de uma unidade ou setor. Desejo a vocês um bom ingresso no Tribunal e estaremos à disposição para o que for preciso nessa nova jornada”, pontuou o secretário.

Na sequência, a técnica judiciária Rebeca Primo da Silva foi convidada a fazer a leitura do juramento, representando todos os servidores presentes na cerimônia online, em que eles afirmaram o compromisso de “exercer as atribuições do cargo com responsabilidade, compromisso, eficiência e ética, além de contribuir para atender às demandas da sociedade, envolvendo-se responsavelmente com sua pacificação”. Ela foi lotada na Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, na Comarca de Camaragibe, e revelou as suas expectativas, ao ser questionada antes da cerimônia sobre como se sentia ao ingressar numa carreira pública na Justiça estadual pernambucana.

“Minhas expectativas para o dia de hoje são as melhores possíveis, já que a posse é o momento mais importante pra quem estuda para concurso e almeja ser um servidor público. É importante lembrar que no momento atual, em que os índices de desemprego estão altíssimos, a conquista de um cargo público é muito importante e deve ser bastante valorizada. Infelizmente não é momento para se comemorar como deveria, tendo em vista o quadro sanitário atual, mas acredito que eu e todos nós que vamos tomar posse hoje, estamos muito felizes e com expectativas de fazer um bom trabalho em prol da sociedade. Estou muito entusiasmada em trabalhar numa unidade que lida com violência doméstica. Trabalhar em prol dos direitos da mulher será instigante para mim. Fiquei muito feliz com a minha lotação”, destacou.

Durante a solenidade, a diretora-geral do TJPE, Márcia de Carvalho, parabenizou os novos servidores e enfatizou o início de um trabalho numa instituição marcada por uma história secular em defesa dos direitos do cidadão. “O trabalho nos traz muita dignidade. Vocês estão adentrando numa instituição bicentenária como é a Justiça estadual pernambucana marcada pela honra, pelo respeito, e que desenvolve a cidadania e a democracia porque sem o Poder Judiciário não há democracia num país. Desejo a cada um que aqui se encontra uma carreira promissora na instituição para dar continuidade a valores como humanidade e eficiência em respeito à sociedade”, afirmou.

Para finalizar a cerimônia, o presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira, falou em renovação do Judiciário com a posse dos novos servidores e da expectativa de trabalhar com pessoas que se destacam não só no conceito de servir à população, mas também dispostas a se adequar às novas tecnologias utilizadas atualmente em todas as instituições públicas e privadas.

“Vivemos hoje na era da tecnologia da informação e é isso que esse momento nos mostra, que nós temos que mudar nossos paradigmas. A pandemia acelerou em dez anos ou mais esse avanço, de uma hora para outra. Jamais pensamos que o Poder Judiciário tivesse que realizar audiências, sessões e cumprimentos de decisões judiciais de forma eletrônica. Nunca imaginamos que o trabalho de casa fosse tão largamente utilizado na Justiça. Não podemos parar. Temos que seguir a vida, as inovações e tudo aquilo que venha a aperfeiçoar a celeridade e a prestação jurisdicional. Cada um que ingressa aqui hoje representa um reforço da estrutura da nossa força de trabalho para nos ajudar a manter o compromisso de uma Justiça célere e justa. Parabenizo a todos e que sigamos juntos nessa luta”, observou.

Participaram também do evento, o diretor-geral adjunto, Marcel Lima; a secretária-adjunta de Gestão de Pessoas, Maria das Graças Gonçalves de Almeida; o diretor de Desenvolvimento Humano do TJPE, João Carlos Cavalcanti; e a diretora-adjunta de Desenvolvimento Humano, Ana Paula Maia Antunes.

.........................................................................................
Texto: Ivone Veloso  | Ascom TJPE
Foto: Divulgação