Últimas Notícias em destaque Últimas Notícias em destaque

Voltar

Tribunal doa resíduos sólidos para Cooperativa Bola na Rede

Em primeiro plano, caminhão onde foram colocados os materiais. Ao fundo, o Fórum do Recife

Iniciativa integra a política de gestão ambiental do Tribunal

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) realizou a doação de resíduos sólidos recicláveis à Cooperativa Bola na Rede, situada no bairro da Guabiraba, na zona Norte do Recife. O material doado, composto na sua maioria por madeira, será reutilizado ou reaproveitado, em instituições e empresas parceiras da instituição. Os resíduos foram retirados do Fórum da Capital em um caminhão da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), órgão também parceiro da Cooperativa, em 22 de agosto. A ação do Judiciário estadual faz parte da política de gestão ambiental direcionada à responsabilidade social. 

Com o descarte correto dos resíduos sólidos provenientes de obras no Fórum do Recife, o objetivo é preservar o meio ambiente e gerar renda tanto para os cooperados, moradores da comunidade, quanto para as entidades parceiras da instituição. O presidente da Cooperativa Bola na Rede, Luiz Cláudio Pires, destacou a importância da parceria com o Judiciário estadual.

“O material deverá ser reutilizado como matéria-prima de fornos em olarias e padarias da comunidade ou reaproveitados em obras da construção civil. Com esse descarte correto dos resíduos, ganham a comunidade, tanto os cooperados e os comerciantes de pequenas empresas, quanto o meio ambiente que é preservado a partir do não acúmulo de materiais inservíveis”, observou.

A doação à cooperativa foi possível a partir do convênio 03/2018 do TJPE com instituições que têm o objetivo de coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. “A iniciativa reflete a política de descarte consciente de resíduos adotada pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco”, afirmou o gestor do Núcleo de Sustentabilidade, Ayrton Lapa.

Segundo o servidor, a outra parte dos resíduos, formada por granitos, será reaproveitada em obras dos fóruns de Itamaracá, Toritama e Limoeiro e também na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), instalada no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. Os resíduos a serem reutilizados foram selecionados pela Diretoria de Engenharia e Arquitetura (DEA) do Tribunal.

“De acordo com a Legislação, o órgão gerador de resíduos sólidos é responsável por reaproveitar o material descartado da construção civil em suas obras ou descartá-lo de forma consciente. O Tribunal busca intensificar parcerias com entidades que utilizam os produtos recicláveis que sobram das obras de forma correta e racional, gerando renda social. Devemos priorizar a coleta seletiva solidária, encaminhando para essas cooperativas, muitas delas formadas por pessoas que vivem em comunidades carentes”, pontuou Ayrton Lapa.
.....................................................................................................
Texto: Ivone Veloso | Ascom TJPE
Foto: Assis Lima | Ascom TJPE