Notícias Notícias

Voltar

Planejamento, gestão, métodos, destinação de valores e processo eletrônico são debatidos durante Encontro Regional realizado em Serra Talhada

Juízes e servidores reunidos no Fórum ouvindo discurso do PresidenteSerra Talhada abrigou, nesta semana, a segunda reunião dos Encontros Regionais do Poder Judiciário.  A iniciativa da Corregedoria Geral da Justiça e da Presidência do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) conta com o apoio da Escola Judicial (Esmape) e tem como objetivo aprimorar o Judiciário e tornar a prestação de serviço mais eficiente. 
 
Organização, sistema e métodos de gestão foi um dos assuntos abordados durante o evento. Os juízes que integram o Comitê de Governança e Gestão de Dados, Élio Braz, Raquel Bueno e Rafael Cardozo, falaram sobre modelo gerencial de gestão pública, planejamento estratégico, metas e indicadores, ferramentas de gestão de dados, agilização das atividades, DataJud – base nacional de dados do Judiciário, e Tabelas Processuais Unificadas (TPUs). Segundo os palestrantes, a análise e qualificação dos dados são essenciais para o aprimoramento da Justiça. 
 
Corregedor geral falando no Encontro RegionalO encontro foi conduzido pelo corregedor-geral da Justiça de Pernambuco, desembargador Ricardo Paes Barreto. A abertura do evento contou com a presença virtual do presidente do TJPE, desembargador Luiz Carlos Figueirêdo, que destacou a importância da reunião em seu discurso. “Não pude estar presente, mas fiz questão de vir aqui dar as boas-vindas porque acredito que esse encontro é fundamental para que possamos avançar. E estamos avançando. Estamos trabalhando por melhorias para magistrados e servidores, mas, especialmente, para atender melhor o cidadão”, ressaltou. 
 
O corregedor-geral agradeceu a presença de todos. “Saímos enriquecidos com tantas informações de importância para dar o efetivo cumprimento às metas nacionais do Judiciário e adotar os melhores procedimentos para as tarefas realizadas no dia-a-dia. Esse foi o compromisso assumido pela nossa gestão, focar na atividade fim, buscando oferecer uma prestação célere e eficiente”, esclareceu. 
 
A mesa de honra do evento foi composta, ainda, pelo primeiro vice-presidente do TJPE, desembargador Antenor Cardoso, pelo ouvidor-geral do Tribunal, desembargador Francisco Eduardo Sertório, pelo diretor da Esmape, desembargador Francisco Bandeira de Mello, pelo coordenador do Comitê Gestor do Processo Judicial Eletrônico, desembargador Isaías Lins, pela coordenadora da Mulher do Tribunal, desembargadora Daisy Andrade, pelo juiz diretor do Foro de Serra Talhada, juiz Diógenes Torres, pelo assessor especial da Presidência, juiz Glaydson Lima, pelo diretor geral do TJPE, Marcel Lima, pelo presidente da Associação de Magistrados de Pernambuco, juiz Igor Rego, e pelo coordenador geral do Sindicato de Servidores do Judiciário, Alcides Campelo. 
 
A juíza Karla Fabíola Rafael Peixoto Dantas abordou questões relativas à Destinação de Valores, conforme o Provimento da Corregedoria nº 6/2013. A palestrante apresentou o trabalho desenvolvido pela unidade judiciária que ela está à frente. Já o desembargador Isaías Lins e a juíza Tatiana Carneiro Leão relataram as atividades desenvolvidas pelo Comitê Gestor do PJe, trazendo um histórico do sistema, melhorias recentes e expectativas. 
 
Todos os participantes do encontro com as mãos levantadas e um X vermelhoA desembargadora Daisy Andrade apresentou os projetos realizados pela Coordenadoria da Mulher, campanhas e dados sobre o assunto. Durante o encontro, a magistrada lançou uma ação de fortalecimento da Campanha Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica, com magistradas e magistrados presentes no evento. 
 
A ferramenta de gestão de processos Rotina.Jus foi tema da palestra do juiz Diego Lima e da servidora Luana Ferreira, de Palmares. O projeto consiste numa rotina sistemática de trabalho que proporciona celeridade na entrega da prestação do serviço jurisdicional à população, e ao mesmo tempo a redução do acervo processual da vara, que cumpre, assim, as metas estabelecidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 
 
As atividades realizadas pela Auditoria de Inspeção foram apresentadas pelo chefe do setor, Fernando Lapa, e pelo servidor Túlio Félix. A auditoria é o órgão responsável por auxiliar a Corregedoria no monitoramento, fiscalização e suporte às unidades judiciárias. 
 
Por fim, o desembargador Francisco Bandeira de Mello trouxe o planejamento da Escola, previsão de cursos, atividades do Laboratório de Inovação e quantidade de servidores e magistrados que realizaram cursos, abordando a filosofia da Esmape e as perspectivas de avanços. 
 
Comarcas - O Encontro foi realizado no Fórum Dr. Clodoaldo Bezerra de Souza e Silva, localizado na Comarca de Serra Talhada. O evento reuniu integrantes da Justiça das Comarcas de Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Belém de São Francisco, Betânia, Carnaíba, Custódia, Flores, Floresta, Ibimirim, Inajá, Itapetim, Mirandiba, Parnamirim, Petrolândia, Salgueiro, São José do Belmonte, São José do Egito, Serrita, Serra Talhada, Sertânia, Tabira, Tacaratu, Terra Nova, Triunfo, Tuparetama e Verdejante.  
 
O diretor do foro, juiz Diógenes Torres, os encontros são fundamentais. “Nestas reuniões, podemos tratar de temas relevantes para a administração superior do Tribunal. Então, é com muita satisfação que recebemos todos”, disse. O próximo encontro acontece em Garanhuns, em setembro.
 
..........................................................................................
Texto: Rebeka Maciel | Ascom CGJ-PE
Foto: Jared Magalhães | K9 Produtora