Pular para o conteúdo

Navegação do site

Navegação do site

Leopoldo de Arruda Raposo | 2010 - 2011 Leopoldo de Arruda Raposo | 2010 - 2011

Leopoldo de Arruda RaposoPresidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) no biênio 2016-2018, o desembargador Leopoldo de Arruda Raposo também dirigiu outros setores da instituição, como a Escola Judicial (Esmape) e a Coordenadoria de Conciliação e Mediação. Formado pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) em 1973 e pós-graduado em Administração Pública, pela Escola de Serviços Urbanos, ligada à Presidência da República, Leopoldo Raposo começou sua carreira na magistratura em 1981, nas comarcas de Poção e Pesqueira. No ano seguinte, foi o primeiro magistrado a ser promovido para a 2ª Entrância na comarca de Ouricuri. Em 1985, ele chegou ao Recife, onde exerceu o cargo de juiz titular da 1ª Vara de Sucessões e Registros Públicos.

Foi promovido ao cargo de desembargador pelo critério de antiguidade no dia 17 de março de 2003, para preencher a vaga deixada pelo desembargador Mário Alves de Souza Melo. O magistrado vinha ocupando o cargo de desembargador no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE).

Casado, pai de dois filhos, ele também desempenha a função de professor em Direito das Sucessões na Esmape e já atuou como assessor especial da Corregedoria-Geral de Justiça. O magistrado presidiu a 5ª Câmara Cível. Em 14 de fevereiro de 2008, foi empossado no cargo de vice-diretor da Esmape. O desembargador Leopoldo de Arruda Raposo foi eleito membro da Corte Especial do Tribunal de Justiça para um mandato de dois anos. A partir de 11 de maio de 2012, o desembargador se tornou presidente da Seção Criminal e da 1ª Câmara Criminal.

Foi convocado pela Presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e exerceu as funções de ministro no período de fevereiro a novembro de 2015; e no período de setembro de 2019 a março de 2020.

Conteúdo publicado em 12/06/2021 pela Comunicação da Esmape. E-mail: ej.comunicacao@tjpe.jus.br