Notícias Notícias

Voltar

Progresso na formação de servidores marca reforma da plataforma de ensino da Esmape

Os 14 cursos oferecidos a distância tiveram mais de 2 mil concluintes

Os 14 cursos oferecidos a distância tiveram mais de 2 mil concluintes

A Escola Judicial de Pernambuco (Esmape) implementou uma reforma na plataforma própria de Ensino a Distância (EaD) em outubro deste ano. Dentre as mudanças, está a possibilidade de inscrição e início imediato de curso válido para progressão sem necessidade de publicação de edital, respeitadas as vagas disponíveis. Com a suspensão das aulas presenciais, por decorrência da pandemia do novo coronavírus, a instituição de ensino do Tribunal de Justiça (TJPE) se adaptou para oferecer atividades a magistrados, servidores e público externo, investindo em formatos virtuais. Em janeiro de 2021, os cursos estarão disponíveis a partir do dia 25.

Embora a nova plataforma de EaD tenha sido inaugurada neste segundo semestre e esteja disponível em www2.tjpe.jus.br/ead, outros cursos foram oferecidos a distância para magistrados e servidores desde junho. Nesse período, a Esmape ofertou 34 turmas em 14 cursos EaD, com 29 concluídas e cinco em andamento. As atividades contaram com 2.501 inscritos, sendo 2.070 já aprovados e com garantia de anotação validada para a ficha funcional. Considerados os cursos com publicações de editais, foram mais de 100, incluindo webinários e capacitações oferecidos e quase 8 mil inscritos.

Importantes para as equipes do Judiciário, os cursos se voltam para atualização profissional, aperfeiçoamento do servidor e progressão funcional. Para o gerente de Gestão do Desempenho da Diretoria de Desenvolvimento Humano da Secretaria de Gestão de Pessoas (GD/DDH/SGP/TJPE), Sandro Passos, a estrutura demonstra progresso no campo de capacitação e economia de tempo na procura por formação. “A iniciativa veio para somar, já que o formato anterior de cursos por editais ou presenciais permanecerá com a divulgação pelas diretorias da Esmape. Importante destacar que essa oferta de cursos em EaD pela Escola Judicial ajuda para que o servidor não fique restrito a buscar cursos em instituições externas, que nem sempre são válidos para a progressão funcional. Mas, é importante deixar claro que os cursos externos continuam sendo aproveitados para progredir. Aliás, foi publicada, no ‘Blog da Progressão’, uma relação das instituições externas que ministram esses cursos, já validadas pela Esmape”, destaca.

“O maior ganho desses cursos EaD da Escola Judicial é, certamente, o aproveitamento para cômputo da carga horária mínima de 40 horas para a progressão funcional. Para isso, ao término das turmas, a Esmape envia uma certidão contendo a relação dos servidores que terminaram com o conceito ‘Apto’, para anotação na ficha funcional. O servidor não deve enviar à gerência o certificado de conclusão, porque não será por ele que a anotação será feita em sua ficha funcional”, explica o gerente.

O diretor-geral da Esmape, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, comemora os resultados positivos e reitera a necessidade de ampliar a quantidade e a qualidade das atividades oferecidas tanto à área meio quanto à área fim do Tribunal. “A oferta de cursos a distância era um pedido de nossas equipes. Essa mudança é importante para trazer mais comodidade com a participação em cursos sem a necessidade de se dirigir até a sede da Escola no Recife ou a algum dos polos no Estado, por exemplo. Foi uma demanda trazida, inclusive, durante os Encontros Regionais. Com o fim da pandemia, esperamos voltar a oferecer cursos presenciais, ampliando ainda a oferta de virtuais”, explica o gestor. 

Com a atualização do formato de ensino a distância, a inauguração da nova plataforma EaD da Esmape foi feita pelos magistrados e servidores do Polo Recife 1, convocados para o curso de Gestão Participativa dos Encontros Regionais do Poder Judiciário de Pernambuco no começo de outubro. A iniciativa da Presidência do TJPE e da Corregedoria Geral da Justiça do Estado contou com apoio pedagógico da Esmape e logístico de outros setores do Judiciário.

Dentre as outras novidades da plataforma, estão as quantidades de novas turmas, que são ofertadas toda sexta-feira de cada mês; o login sendo feito com CPF e senha de rede; e o reforço na dispensa da necessidade de publicação de edital, onde o curso é iniciado imediatamente após a inscrição do participante, considerando o número de vagas. Além de ensino a distância, a Esmape continua oferecendo cursos, webinários, capacitações e eventos mediante a publicação de editais para realização ao vivo e em dias específicos. 

O contato do setor de Ensino a Distância da Esmape é ead@tjpe.jus.br. As atividades são realizadas em parceria com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário (Ceajud). Conheça o Blog da Progressão, a Diretoria de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores (Dfas) e a Diretoria de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Dfam).
......................................................................................................................................................
Texto: Pedro Pequeno – Francisco Shimada | Ascom Esmape
Imagem: Captura da Internet