Pular para o conteúdo
 

 

Apadrinhamento Profissional

O padrinho/madrinha profissional é aquele(a) que disponibiliza seu trabalho voluntariamente para atender às necessidades de crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional. Exemplos: Médicos, Artistas, Psicólogos, Odontólogos, Fonoaudiólogos, Professores, Cabeleireiros, Músicos, entre outros profissionais (pode ser pessoa natural ou pessoa jurídica).

Documentos necessários:
  
3) Cópias da identidade, do CPF ou CGC (conforme o caso) e comprovante de residência ou de regularidade de funcionamento. 

 

Ficou interessado? Preencha o formulário online! 

Entre em contato com a Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja-PE) por meio do formulário online, indicando o tipo de apadrinhamento que deseja realizar. A Ceja vai analisar seus dados e indicar o local (comarca), com data e horário, onde deve comparecer e apresentar a documentação referente ao apadrinhamento indicado (ficha de cadastro, termo de compromisso e cópias de documentos), para realização de entrevista e outras providências.

O projeto não implica vínculo jurídico entre padrinho/madrinha e afilhado(s).

Os candidatos a padrinhos/madrinhas não devem possuir demanda judicial, na qual sejam acusados, indiciados ou citados como réus ou cúmplices de crimes previstos em lei.