Contos

Voltar

O que você sempre quis - Tecendo Letras

No conto O que você sempre quis, Gizelly adaptou uma carta que enviou ao esposo, logo no início do namoro. Como sempre se expressou melhor escrevendo, esta foi a forma que ela encontrou para traduzir-se, como um manual de instruções ao novo amor. Com a segunda edição do Concurso Literário do TJPE, a autora editou alguns pontos do texto para transformá-lo em um conto.

Leia: O que você sempre quis

Ao escrever a poesia Tecendo Letras, que foi preparada especialmente para o 2º Concurso Literário do TJPE, a servidora Gizelly Rocha pensou sobre o ato de escrever, e no empenho do poeta/escritor quando prepara seus versos ou contos, utilizando como metáfora a aranha quando tece a sua teia.

Leia: Tecendo Letras

 

** A servidora Gizelly Monik Rocha Silva atua na Central de Agilização Processual da Capital.