Crônicas

Voltar

Doces lembranças

Na crônica Doces lembranças, a servidora Ridete Marçal fala sobre o dia de São João. Para a autora, o dia de São João para nós – nordestinos – é um momento de muita comemoração. Na sua infância, a festa – que era também em homenagem a sua tia Joaninha – começava na boquinha da noite, quando acendiam a fogueira. Na noite mais alegre de junho, homens soltavam balões e fogos, e ao som do grande Luiz – Rei do Baião – a sua família dançava quadrilha, xote e forró, e no final era a vez de uma roda de ciranda. 

Ridete Marçal de Barros é recifense, bacharela em Direito pela Unicap, servidora do TJPE há 26 anos, onde atua no gabinete do desembargador Leopoldo Raposo.

Leia: Doces lembranças